...da forma mais inesperada...

Quinta-feira, 29 de Março de 2007

Já estamos na Primavera e qualquer dia temos aí o Verão á porta, a convidar para umas idas á praia e para umas sessões de "tostamento" intensivo. É por isso a altura ideal para começarmos a cuidar do nosso corpinho para nos podermos sentir umas verdadeiras sereias na praia. Quem é que quer pareçer um cachalote que acabou de dar á costa em pleno mês de Agosto? Pois, está na altura de irmos todas parar com o costado ao ginásio mais próximo.

A pensar naquele biquini maravilhoso que vi  há tempos, fiz a minha inscrição e ainda estavamos no outono. Foi sol de pouca dura. Começei cheia de pica, a coisa até ia bem encaminhada mas perdi o entusiasmo em três meses. Está bem, confesso:nunca fui uma adepta do desporto, nem indoors nem outdoors. Deus me livre de andar a fazer jogging e de entrar um mosquito para os olhinhos ou andar de bicicleta e corre o risco de ser atropelada por um camião.  Por isso, decide me a não dar tréguas á preguicite(e á celulite) er meti me num ginásio. Não levava com insectos na tromba e as bicicletas não saiam do sítio.

Assim que se entra num ginásio sente se logo o cheiro típico de suor e esterooides. Existem fotografia por todo o lado de tipos super musculados para sar ânimo ao pessoal:"vá lá, se se esforçarem bastante um dia poderão ficar assim a parecer um Minotauro, com uma cabeça de alfinete e uns músculos de Rambo". A mim não me fascina particularmente. Nestes sítios, que são lugares tão bons como outros quaiqueres para se conhecer homens, há dois tipos bem estereotipados. Há os "caparrudos" que desenvolveram o seu cérebro nos braços e bebem uns liquidos duvidosos. Vestem camisola branca de cavas e têm o rabo rijo que nem pedra. E depois há os lingrinhas, que por muito esforço que façam ve se logo que nunca vão sair da cepa torta.

Eu cá quando vou, apanho a minha primeira estafa na bicicleta. Vamos lá então dar a volta a Portugal...Já me doem as perninhas e já transpiro que nem uma ursa, mas talvez se me conseguir aguentar mais 10 ou 15 minutos, talvez a cabra desta celulite amanha tenha desaparecido. Segue se a maratona na passadeira rolante. Á velocidade máxima porque venho com ganas. Sinto umas ligeiras dores de burro mas se me desconcentrar ainda corro o risco de ficar esborrachada contra a parede, por isso aguenta. Queres corpo de sereia? Então sua! Do tapete rolante passo para o aparelho que nos faz parecer que estamos a esquiar. Este é complicado...Primeiro o braço direito e a perna esquerda, depois o braço esquerdo e a perna direita, braço direito, perna esquerda, perna direita braço direito, perna esquerda, braço direito...socorro! Estou baralhada! O meu cerebro já meio derretido não dá para tanto! Ora vamos lá subir o Evereste em 10 ou 15 minutos. Vamos querida, que já só te falta dar o litro ali na musculação. Depois de dar a volta a Portugal como camisola amarela, da medalha Olímpica da Maratona e de quase ter congelado o nariz na escalada, ainda tenho umas résteas de força(mais vontade que muscular) para ir levantar pesos.

Já disse ao meu treinador que não quero trabalhar muito os bícepes. Apesar de andar com uma cor meio esverdeada, não quero ficar a parecer o Incrivel Hulk. Mas quando dou por mim, já estou  sentada, de perna aberta, em frente ao espelho a levantar pesos. Para parecer o Rambo só me faltava a fita branca na testa. Trabalhar os braços tem as suas vantagens: já consigo levar uma embalagem de leite e 3 ou 4 sacos de compras até casa sem fazer um figura demasiado triste.

O que gosto mesmo é de trabalhar as pernas. A verdade é que tenho outras motivações. Penso nas minisaias que poderei vestir e...zás!zás!zás! 25kg de ferro levantados em menos de um ai. Penso na tanguinha do biquini maravilhoso que me assentaria tão bem se tivesse o rabiosque um bocadinho mais rijo e eis me feita possessa, com uma barra que pareçe pesar milhoes de kilos, qual cristo a arrastar a sua cruz, a agachar e a levantar. Ás vezes nessas altura sinto me observada. Vê lá se páras de olhar para os meus glúteos, meu tótó insuflado e olha que por ser magrinha não quer dizer que não tenha forças para fazer arremeso com uma bolinha destas que tenho nas mãos! Sim, sim quero me por hirta e firme como uma barra de ferro e cheia de curvas como se tivesse sido acabada de esculpir por uma rebarbadora, qual é o problema?Por acaso alguma vez te perguntei porque é que os teus neurónio migraram para os braços? Então deixa me!

Segue se a tortura abdominal, que começa bem e caba sempre mal. Nunca se sabe se algum dia precisarei de vir a fazer a dança do ventre por isso...malha! Depois de 20 abdominais mal contados, já começo a ver a Via Láctea com todas as suas estrelinhas. Pareçe que já não respiro muito bem? Será que me irei levantar daqui? Tenho os braços dormentes, doem me as costelas e sinto as pernas bambas. Não tenho forças sequer para carregar com o pé no acelerador do carro para voltar para casa, por isso vai aos soluços o caminho todo.

Ohhhh!!!Que bom....Agora estou debaixo do chuveiro. Levantar uma perna para entrar na banheira exige de mim um esforço sobrehumano. Rica estafa e está tudo na mesma. Ainda por cima agora tenho mais fome que a Etiópia toda...

É que depois de um esforço destes, quem é que consegue comer saladas? Nunca vi uma alface a puxar uma carroça. O que me apetecia mesmo era...XIXA  e transformada num belo hamburger.

Desisti desta tortura diária no fim de quase 3 meses. Já andava a bater mal! Agora aderi á moda da ginás tica no sofá. Comprei uns adesivos que dão choques na barriga e nas coxas e que miraculosamente fazem desaparecer a celulite. Para er o ventre liso, tomo laxantes e como Corpos Danone e para ter músculos dos braços carrego todos os dias com os sacos das compras.  Ao menos assim não suo e não tenho dores até á alminha!

E se me quiser sentir uma sereia? Visto uma saia com escamas e espero que alguém caia na esparrela. Afinal, sempre há por aí cachalotes piores que eu...

 

 

 

sinto-me:
tags:
publicado por Carlita às 19:11

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes
Últ. comentários
Neste momento,tens um ombro amigo, um apoio, algue...
As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficient...
Ah boa!!! Mas podiam por um nome mais sugestivo......
Canela não é a especiaria como já percebeste. Conh...
Sabes miga, cada vez acredito mais que nada aconte...
custa tanto... bem sei amiga...por isso é que, qd ...
adorei xD e fez.m bastante jeito
Também sou touro com ascendente caranguejo. 18 de ...
Eu também, parece que me estou a ver ao espelho :P
Miga, até a mim me doem as tuas palavras.... é tão...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro