...da forma mais inesperada...

Segunda-feira, 30 de Abril de 2007

Prenuncio um exelente dia de aniversário, sem dúvida!

Esta tarde chegei a casa e a minha cozinha tinha sido tomada de assalto pelos caracois (!). A verdade é que os tinha ido comprar esta manhã a pensar na a petiscada do dia a seguir (e que me desculpem os defensores dos animais, mas os caracois, bichos "móis", são realmente um exelente petisco!). Pois os maganos lá conseguiram sair do recipiente onde estavam e quando chegei a casa tinha uma decoração nova nos azulejos da cozinha.Será que voam?Também estavam de cima da mesa. Devem ser uma espécie nova. Deixa os lá  ter o seu momento loucura e profusão emocional, que não tardam,estão aqui estão dentro do tachinho, a cheirarem a oregãos.

Para além disso, descobri que tenho um mistério para resolver no meu congelador!!!! Um quebra cabeças enigmático, quase (senão totalmente) metafísico! Anda me a dar volta ao miolo (e não é o de camarão).

Hoje já começei a verter as lagriminhas aniversariantes da praxe. É tipicamente meu, no dia dos meus anos hei de sempre arranjar qualquer pretexto para chorar. De alegria, de emoção, de tristeza...qualquer coisa. O importante é deitar a lagrimita cá para fora. E este ano começou com um dia de antecedência. Recebi um postal dos meus papys lindos, rasgei o envelope(também é tipicamente meu, não tenho muita habilidade e destreza manual para operações delicadas deste género) e eis as lagrimas a rolarem me cara abaixo, quase nem acabava de ler o resto do postal. Paizinhos quidos, tenho tantas saudadinhas vossas!

No ano passado passei o dia do meu aniversário com o dito cujo. Este ano passo o sozinha que é para não me começar a habituar mal (amiga, também eu estou na fase da desabituação!). Mas como se costuma dizer e muito bem, vale mais sozinha que mal acompanhada.Quem sabe se não terei uma surpresa super mágica "winda", tipo príncepe encantado a aterrar no meu terraço de paraquedas, com um bouquet de rosas numa mão e uma caixinha de alianças na outra? Quiçá? Como diz a canção "tudo pode acontecer"(sotaque brasileiro). Também já cá faltava o devaneio.

Espero ter uma noite tranquila e que ninguém se lembre de me atormentar com telefonemas ou mensagens ás tantas da manhã para me darem os parabéns. Agradeço que me contactem após as 11hoo. Obrigada.

 

publicado por Carlita às 12:04

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29


Últ. comentários
Neste momento,tens um ombro amigo, um apoio, algue...
As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficient...
Ah boa!!! Mas podiam por um nome mais sugestivo......
Canela não é a especiaria como já percebeste. Conh...
Sabes miga, cada vez acredito mais que nada aconte...
custa tanto... bem sei amiga...por isso é que, qd ...
adorei xD e fez.m bastante jeito
Também sou touro com ascendente caranguejo. 18 de ...
Eu também, parece que me estou a ver ao espelho :P
Miga, até a mim me doem as tuas palavras.... é tão...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro