...da forma mais inesperada...

Quarta-feira, 18 de Junho de 2008

Não adoram as quartas feiras? A sensação de que meia semana está passada e que apenas faltam DOIS dias para a ramboia? Eu cá gosto muito delas e ainda as adoro mais quando quinta é feriado e dão a tolerância na sexta. Se mandasse no país, fazia um decreto lei que estabelecesse que nas quartas feiras não se trabalhava. Trabalhavamos dois dias, descansavamos um, trabalhavamos outros dois dias e descansava se no fim de semana. Não era óptimo? Para rematar em beleza, faria uma adenda acrescentando o horário da siesta na altura do Verão, das 13h ás 16h. Digam lá agora quem era amiga, quem era?

 

Por falar em amigos: estão preparados para amanhã roerem as unhas até ao sabugo no jogo Portugal-Alemanha? Eu não quero criar assim muitas expectativas, adorava que dessemos uma bela abada aqueles heinzs, mas a avaliar pela maneira como jogamos no domingo passado contra a Suíça, o prognóstico não me se afigura nada bom. Enfim, nada que umas valentes bjecas acompanhadas por um pires de caracois não atenuem. E se roerem as unhecas até fazer sangue, só têm um remédio: por umas novas, de gel ou porcelana. Garanto vos que no jogo a seguir ficariam com os dentinhos lá agarrados e nunca mais se lembrariam desse hábito tão manhoso. Eu também pus umas unhecas de gel, no ano passado...tinha umas mãos LINDAS, bonitas mesmo, boas para se usar no dia do casamento para por a aliança, mas aquilo não durou muito nos meus dedos, porque chegei a um ponto que as começei a arrancar e ficou pior a emenda que o soneto. Por isso, desde essa altura, tenho as minhas unhas naturais, que não são lá assim muito fortes e que passam o tempo todo a lascar se aqui e ali, que não são unhas de tigreza, mas que também ficam todas bonitas quando trato delas.

 

Bom, tenho que deixar este monólogo tão fascinante, porque a M. ligou me para ir com ela ao Centro de Saúde, buscar uma receita de um anti inflamatório porque está com uma dor de dentes descomunal. Eu já lhe disse que isso era falta de beber uns copos, que se bebesse uns valentes copos de aguardente fica certamente finissima, como o fiambre da Nobre, mas ela não me quis crer. Agora, há de levar com uma injecção de Tramal no rabo que até chilreia como os  passarinhos...lol.

 

Tenho que ir cuidar dos meus afazeres de amiga...

sinto-me: amiga
tags:
publicado por Carlita às 21:12

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
19
20

22
24
25
26
27
28

29


Últ. comentários
Neste momento,tens um ombro amigo, um apoio, algue...
As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficient...
Ah boa!!! Mas podiam por um nome mais sugestivo......
Canela não é a especiaria como já percebeste. Conh...
Sabes miga, cada vez acredito mais que nada aconte...
custa tanto... bem sei amiga...por isso é que, qd ...
adorei xD e fez.m bastante jeito
Também sou touro com ascendente caranguejo. 18 de ...
Eu também, parece que me estou a ver ao espelho :P
Miga, até a mim me doem as tuas palavras.... é tão...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro