...da forma mais inesperada...

Sábado, 17 de Maio de 2008

Noite de crise existêncial, a de ontem. As dúvidas assombram me o espírito durante quase uma hora. Foi cá um drama!! Tinha vontade de sair, dar uns "bordejos" (como dizem os brazucas) por aí, mas também tinha sono; queria olhar me ao espelho e estar deslumbrante, mas tinha preguiça de me arranjar; queria companhia para falar, mas ao mesmo tempo estava desejando que não me atrofiassem a molécula. Pelo que, depois de tanta indecisão,acabei mesmo foi com os trombis na cama. Aí só tinha duas hipoteses: ou durmia...ou durmia. Pronto, problema resolvido.

 

E se pensam que a noite me trouxe mais certezas, enganam se, porque hoje acho que ainda acordei pior. Até acordei de bem com a vida e tal mas ao longo do dia foi me empiursando cada vez mais. Sabem como é, aqueles dias em que tudo aborrece? Deduzo que esteja neste momento na pior faceta do meu ascendente. O meu ascendente é Caranguejo e os caranguejos são lunáticos por natureza (não fossem eles regidos pela Lua!), mudam de humor como quem muda de camisa e têm atitudes estranhas de ostracismo. Confesso que lidar comigo nestes dias não é nada fácil!!! Resmungo por tudo e por nada, desfaço me em sorrisos amarelos e que ninguém se lembre de me perguntar o que é que eu tenho e o que passa comigo. Se soubesse, não estava assim, toda atrofiada do juízo. Aliás, perguntas dessas só servem mesmo para piorar a minha distimia. Por isso, se um dia me encontrarem neste estado macambúzio, remetam se ao vosso lindo silêncio e não me encham de perguntas que eu não sei responder. É melhor, a sério...já vi instintos homícidias começarem por menos.

 

Dado o actual momento psicológico, ainda não sei para que lados me correrá esta noite. Tive um convite para jantar e com muita arte e engenho da minha parte, tive que recusar. Não me apetecia nada ser uma lady na mesa quando por dentro me sentia um monstro de má disposição e cheia de maus intímos. Sim, porque nestes dias fico MÁ! Bad to the bones mesmo! Sou uma criatura de maus bofes quando me vejo mergulhada nestas ondas de ruindade. É nestes momentos em que me apercebo em como é bom não ter "apegadiços" por perto, ou a criatura, por muito paciente que fosse,  já me teria aventado um bom par de selos na cara, para acabar com a minha impertinência.

 

Será que melhorava o meu humor se escaqueirasse um serviço de pratos contra uma parede? E se fizesse tiro ao alvo com as fotos dos meus exs? E se saísse por aí riscando as pinturas dos carros com uma moedinha de 50 cêntimos? Hummm....pareçe que estas ideias  começam me a animar o estado de espírito. Nice!!!( vêem? vêem o meu lado mau e destruidor nestas alturas? não sou nada de confiança, paaaahhh!).

 

Acho que vou lançar uma moedinha ao ar e deixar que a sorte decida o rumo da minha noite: se sair "cara"  vou me alindar e sair no meu estado de espírito normal e pacífico; se sair "coroa"...bem...vou riscar carros e estrangular o pescoçinho a alguém.

 

 

Realmente há dias.....

 

 

sinto-me:
publicado por Carlita às 20:27

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

13
14

18
20
22
24

26
27
28
29
30
31


Últ. comentários
Neste momento,tens um ombro amigo, um apoio, algue...
As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficient...
Ah boa!!! Mas podiam por um nome mais sugestivo......
Canela não é a especiaria como já percebeste. Conh...
Sabes miga, cada vez acredito mais que nada aconte...
custa tanto... bem sei amiga...por isso é que, qd ...
adorei xD e fez.m bastante jeito
Também sou touro com ascendente caranguejo. 18 de ...
Eu também, parece que me estou a ver ao espelho :P
Miga, até a mim me doem as tuas palavras.... é tão...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro