...da forma mais inesperada...

Domingo, 28 de Outubro de 2007

Bem que eu andava a adivinhar  milhentas desgraças para este fim de semana.

Chuvas, trovoadas, granizo, tsunamis, furacões e tufões, tudo ao mesmo tempo e mesmo assim a apocaliptica descrição é pouca para descrever o que de facto aconteceu. A besta veio ao mundo com toda a sua legião de demónios e adivinhem? Resolveu ir bater me á porta de casa. Terrivelmente assustador!

Estava a gaija loira a fazer o seu sono de beleza, quando trim!trim! toca o telemovel e depois ding! dong! toca a campainha:"querida chegei!". Aiiiii, que estou a sentir as labaredas do demo a consumir me só de olhar! Ao menos podia me ter avisado para poder marcar na esteticista para fazer a depilação, para marcar na cabeleireira para poder estar com um cabelo de deusa mas nããããoooo....apanhou me num estado de beleza profundamente assustador, completamente desmaquilhada, deslambida, "desmilinguida", ainda por cima com uns patéticos olhos de sono e com umas "sensuais" meias de lã calçadas com uns gatinhos de lado em relevo.. Resumindo: tinha a beleza do Frankstein, o charme do Alf e a sensualidade do Freddy Krueger. Tenham medo...muito medo!

 

Andei eu esperando meses e meses por este dia (que sabia que haveria de chegar!) para depois acontecer isto! Não foi nada daquilo que eu imaginei. O romance nessa altura deveria andar a passear por outro sistema solar. Não era assim que devia ter acontecido!!! Era suposto eu estar linda, maravilhosa e ofuscante (dentro do possivel e remediavel para a minha pessoa) como uma sereia do amor,mais perfumada que uma rosa, destilando charme e sensualidade por tudo quanto era poro e ter lhe dito poucas e boas. Ele era suposto chegar com um raminho de rosas na mão, com uma garrafa de vinho na outra e assim que me visse supostamente devia ter deixado cair a garrafa do vinho para o meio do chão para vir correr a abraçar me e a pedir me perdão. Seguidamente tirava a caixinha das alianças do bolso das calças (alianças essas que já as teria comprado com meses de antecedência) e pedia me em casamento.Eu soltava uns gritinhos histéricos, saltava lhe depois para o colo e faziamos as pazes! Meses depois estaria então a entrar na igreja, num radiante dia de sol, vestida de noiva com a minha mãe a chorar sentada no primeiro banco da igreja. Mas tal cena não aconteceu. Não houve flores, muito menos aliança e vinho...só mesmo no estomago de alguem. Triste, profusamente triste!

 

Mas não me queixo. Tive o meu momento de glória. Ahaha!!! Afinal apanhei te! Mas pergunto me:porque é que estas coisas acontecem?Porque é que quando esperamos uma coisa ela nunca acontece (como a terrivel lei de Murphy que diz que o leite nunca ferve se estivermos a olhar para ele e mal voltamos costas, entorna se logo pelo fogão) e quando já descartarmos todas as hipoteses de vir a acontecer, ela torna se realidade? Não é estranho?

 

Excusado será dizer que passei o dia a seguir a tentar transformar me numa avestruz, para poder esconder a cabeça na areia durante o próximo milénio. Tudo bem, se não me transformasse numa avestruz poderia também metamorfesar me num mosquito bem pequenino ou numa chita para poder correr a velocidades surpreendentes para bem longe daqui. Mas tudo o que consegui foi ir para o meu sitio predilecto, a 12 km daqui, comtemplar a paisagem (para ver se me esquecia), foi ter me estafado numa corrida de maratona pelo circuito de corridas ao ar livre (para ver se me esquecia), foi ter fumado quase 2 maços de tabaco num só dia (para ver se me intoxicava tanto ao ponto de me anestesiar) e só depois destas tentativas mal sucedidas de "apagamento de memórias" é que resolvi deixar me mofar no sofá da sala como se fosse um rato. E acordei hoje, fresca e fofa como uma "Bimba", a pensar que a vida é mesmo isto, que nem tudo na vida corre da maneira como desejamos, mas que mesmo assim, de uma maneira positiva ou negativa, a vida é e será sempre surpreendente.

 

 

 

sinto-me: apesar de tudo, bem disposta
publicado por Carlita às 13:00

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
27

29
30
31


Últ. comentários
Neste momento,tens um ombro amigo, um apoio, algue...
As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficient...
Ah boa!!! Mas podiam por um nome mais sugestivo......
Canela não é a especiaria como já percebeste. Conh...
Sabes miga, cada vez acredito mais que nada aconte...
custa tanto... bem sei amiga...por isso é que, qd ...
adorei xD e fez.m bastante jeito
Também sou touro com ascendente caranguejo. 18 de ...
Eu também, parece que me estou a ver ao espelho :P
Miga, até a mim me doem as tuas palavras.... é tão...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro