...da forma mais inesperada...

Sexta-feira, 01 de Junho de 2007

Nasci na Beira- Baixa. Estudei na Beira-Alta. Já vivi na Estremadura e desde há 3 anos para cá que moro no Algarve. Apesar de ter tido uma adaptação um bocado díficil (vim parar ao cú de Judas e pensava que já não estava em Portugal), agora adoro viver aqui. O clima é óptimo (é verão 8 meses por ano!), a gastronomia também não é má (adoro os doces de amêndoa típicos da região e a estupeta de atum. Sim, matem lá a cabeçinha a pensar no que seja, porque eu também o fiz quando aqui chegei!) e fiz imensos amigo. Só ainda não me adaptei totalmente ao sotaque daqui, se bem que já vou percebendo algumas expressões e sem querer dou por mim a utiliza las.

 

Agora imaginem: um leve sotaque da beira, misturado com alguma pronúncia do Norte(fruto da convivência durante os anos de curso com amigos nortenhos) e um leve despontar de sotaque algarvio que já começo a ganhar. Bela confusão!

 

Nos primeiros tempos foi complicado entender a "linguagem base" daqui. Um falar meio aciganado, com os verbos todos a terminar no gerúndio:"estou fazendo", "estou vendo", "estou tomando"...O que por acaso até é um português bastante correcto, quando utilizado no presente, se bem que a maoria das pessoas não o utilize e por isso mesmo se estranhe.

 

A primeira expressão que ouvi aqui foi a do "dar banho":"Acabei agora mesmo de dar banho".

Dar banho?! A quê?! Ao cão?-pensei eu na expectativa que a outra pessoa terminasse a frase. Mas não. Os algarvios não "dão banho ao cão", dão banho a eles próprios, como se o verbo "dar" fosse sinónimo de "tomar". A gente dá muita coisa: dá presentes, dá amor, dá bofetadas, banhadas de vez em quando mas...dar banho?! Continuo a insistir? A quê?!

 

Outra expressão típica são os "almareios". "Estou almareada(o)"

Estás o quê? Amarelada? Mas que raio é isso? Finalmente consegui perceber. Os "almareios" derivam do espanhol almareo, que significa má disposição ou enjoo. Como Espanha é mesmo aqui ao lado, adoptou se o espanholês.

 

Uma vez, de conversa com uma utente, sem querer, vim a descobrir outro sinónimo engraçado. Dizia me ela:

 

-"O meu descansado marido viveu muitos anos fora do país..."

Primeiro pensamento que me ocorre na minha cabeçita loira: " Descansado marido? Grunnff! Deve ser mas é um ganda calão, para até tu lhe chamares descansado!"

Mas ainda bem que não abri a minha sacrosanta boquinha para dizer nada ou teria metido a patinha na poça em grande estilo. Conforme mais tarde vim a descobrir, os "descansados" são aqueles que se foram. Morreram. Pufff! Foram para a quinta das tabuletas. Por isso mesmo, estão descansando. Bem pensado.

 

Aqui bebem se uns copos a mais, apanha se uma bebedeira de caixão á cova e está se com "uma barcada em cima".  Esta ainda não consegui perceber bem de onde é que deriva.

 

Também aqui, como em Espanha, tem se por hábito por os pronomes atrás dos verbos (odeio!):" me está dando um palpite" ou "me estás fazendo mal" ou outra mais engraçada:"por causa tua" em vez de dos habituais"por tua causa" ou por causa de ti". Eu bem insisto em corrigir mas não adianta. Os algarvios são "marafados" de todo.

 

A diferente linguagem daqui já me custou alguns mal entendidos. Uma vez, por altura do Natal, entrei numa pastelaria, toda gulosa e pedi uma azevia e um galão. Havia imensas na montra! Sabem o que são? Aqueles fritozinhos maravilhosos, recheados com batata doce ou doce de grão? Mais umas caloriazitas para a dieta, mas que se danasse. Responde me a magana do bar:

-"Aqui não fazemos azevias".

-"O quê?"- respondi eu, meio desconcertada a olhar directamente para elas

-"Sim. Aqui não fazemos. Se quer comer azevias tem que ir a um restaurante e a esta hora não devem fazer"

-"Hããã?! Mas eu estou a ve las aqui na montra"- e apontei para elas

-"Ahhh! Mas isso não são azevias. São panadilhas. Azevias é peixe frito."

Boa!!!Conclusão: fiz figura de otária, claro. Sabem o que são azevias? Nada mais nada menos que pescadinhas de rabo na boca. Nao admira que na cabeça de um algarvio soe extremamente estranho alguem ao meio da manhã querer comer peixe frito com um galão a acompanhar!

 

Tratem mal alguém e habilitam se logo a levar um "estacaço", um "biqueiraço" ou um "porretaço". Pessoalmente, adoro o "biqueiraço". O terminativo "aço" deve ser para mostrar o tamanho da força e da violência.

 

Adivinhas: como se chama aqui a alguém que está assim um bocadinho alterado, meio passado da cabeça? Diz se que "está mai louco que um balde de chocos"!  É natural! Esta é uma região (ainda) basicamente de pescadores. Estão a imaginar os choquinhos a estrebuchar dentro do balde? Pois é isso mesmo! E o que se diz de alguém que é pretensioso, que tem a mania que sabe sempre tudo? Bom, dessas pessoas diz "que têm a mania que os porcos vão á lua"! Meus queridos, onde vão arranjar estas expressões? Reparem bem, os porcos mal dão dois passos juntos, devido ao peso, quanto mais irem á lua!!! Só se os encherem com hélio!

 

Mas as expressões que eu mais adoro e que de vez em quando já dou por mim a usa las frequentemente são "o que é isso, móóóó?" e o "acaba já, móóóó!". Bem , redefinindo: "mó" é o diminutivo do diminutivo de "moço". "Moço" regridiu para "moss" que por sua vez se tornou num grunho "móóó".Esta é sem dúvida, a expressão de espanto da maior parte dos algarvios que conheço. Por exemplo, alguém diz a outra pessoa:"olha, acabei de bater com o carro." e a outra pessoa grunhe :"que é iiiiisso móóóó?!"ou então:"hoje não me apetece muito sair". Resposta:"Acaba jááá, móóó´!"

 

De modos que entre tantos "almareios", "estacaços" e "porcos a irem á lua" muitas vezes dou por mim a dizer:"que é iiiisto, móóó´? Onde raios vim parar. Acaba já."

 

 

 

publicado por Carlita às 19:32

De bruno a 30 de Junho de 2010 às 12:31
adorei xD e fez.m bastante jeito


mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
15
16

17
18
20
21
22

24
25
26
27
28
30


Últ. comentários
Neste momento,tens um ombro amigo, um apoio, algue...
As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficient...
Ah boa!!! Mas podiam por um nome mais sugestivo......
Canela não é a especiaria como já percebeste. Conh...
Sabes miga, cada vez acredito mais que nada aconte...
custa tanto... bem sei amiga...por isso é que, qd ...
adorei xD e fez.m bastante jeito
Também sou touro com ascendente caranguejo. 18 de ...
Eu também, parece que me estou a ver ao espelho :P
Miga, até a mim me doem as tuas palavras.... é tão...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro