...da forma mais inesperada...

Terça-feira, 28 de Outubro de 2008

Isto hoje foi o descalabro.

 

Não me digam nada. Estamos na semana de Lua Nova (ou Lua Negra, como preferirem chamar) e só por aí já está tudo mais que explicado.

 

Eis aqui o motivo de ter vertido hoje duas ou três lagriminhas no final da tarde:

 

" Essa parábola tem uma segunda parte. Aqui está ela:

"Podes optar por ser qualquer Parte de Deus que desejes"- disse eu á Pequena Alma. "Tu és a Divindade Absoluta, a experienciar-Se. Que Aspecto da Divindade queres agora experienciar como TU?

"- Queres dizer que posso escolher?" perguntou a Pequena Alma. E Eu respondi, "Sim. Podes optar por experienciar qualquer aspecto da Divindade em ti, por ti e através de ti."

-"Está bem", disse a Pequena Alma, "então opto pelo Perdão. Quero experienciar-me como o Aspecto de Deus chamado Perdão Total".

Ora isto criou um certo desafio, como podem imaginar.

Não havia ninguém a quem perdoar. Tudo o que criei é perfeição e Amor.

-"Ninguém a quem perdoar?" perguntou, algo incrédula, a Pequena Alma.

-"Ninguém", repeti. "Olha á tua volta. Vês alguma alma menos perfeita, menos maravilhosa que tu?"

Com isto a Pequena Alma rodopiou e ficou surpreendida ao ve-se rodeada por todas as almas no céu. Tinham vindo de todas as partes do Reino, porque tinham ouvido dizer que a Pequena Alma estava a ter uma conversa extraórdinária com Deus.

"-Não vejo nenhuma menos perfeita que eu!" exclamou a Pequena Alma. "Então a quem tenho que perdoar?"

Nessa altura, outra alma destacou se da multidão. "Podes perdoar me a mim" disse esta Alma Amiga.

-"O quê?" perguntou a Pequena Alma.

-"Entrarei na tua próxima vida física e farei qualquer coisa para tu me perdoares", respondeu a Alma Amiga.

-"Mas o quê?Que podia um ser de tão Perfeita Luz como tu fazer para que eu te quisesse perdoar?", quis saber a Pequena Alma.

-"Oh", sorriu a Alma Amiga, "de certeza que havemos de pensar em alguma coisa".

-"Mas porque queres fazer isso?" A Pequena Alma não consegui imaginar a razão por que um ser tão perfeito quereria diminuir a sua vibração a ponto de conseguir fazer algo de "mau".

-"É simples", explicou a Alma Amiga., "faço-o porque te amo. Queres experienciar o teu EU como Perdoando, não queres? Além disso, fizeste o mesmo por mim".

-"Fiz?" perguntou a Pequena Alma.

-"Claro. Não te lembras? Já fomos o Todo, tu e eu. Fomos o Alto e o Baixo, o Esquerdo e o Direito. Fomos o Aqui e o Ali, o Agora e o Então. Fomos o Grande e o Pequeno, o Masculino e o Feminino, o Bom e o Mau. Todos nós fomos o Todo."

"E fizemo lo por acordo, para que cada um de nós se experienciasse como a Parte Mais Grandiosa de Deus. Porque compreendemos que..."

" Na ausência do que Não és, o QUE ÉS, NÃO é."

"Na ausência de "frio", não podes estar "quente". Na ausência de "triste" não podes estar "contente", sem uma coisa chamada "mal" a experiência a que chamas "bem" não pode existir."

"Se optas por ser uma coisa, alguma coisa ou alguém contrários a isso têm que aparecer no teu Universo para o tornar possível":

A Alma Amiga explicou então que essas pessoas são os Anjos Especiais de Deus e essas condições as Dádivas de Deus.

"-Só peço uma coisa em troca", declarou a Alma Amiga.

-"Qualquer coisa! Qualquer coisa!", exclamou a Pequena Alma. Ficou muito entusiasmada ao saber que podia experienciar todos os Aspectos Divino de Deus. Agora compreendia o Plano.

-"No momento em que eu te atacar e atingir", disse a Alma Amiga, "no momento em que te fizer o pior que possas imaginar- nesse preciso momento...recorda-te de Quem Realmente Sou".

 

Neale Donald Walsch in

Conversas com Deus, parte III

 

 

Pronto. Lá derramei as lágrimas que religiosamente andava a guardar dentro de mim (duas ou três, o suficiente para ficar com o nariz congestionado, porque não me permiti grandes efusividades) ao transpor este bonito ensinamento para a minha vida.

 

...mas é difícil recordar assim alguém que nos magoa.

 

 

 

 

sinto-me: Pensativa
publicado por Carlita às 20:48

Segunda-feira, 27 de Outubro de 2008

Finalmente, eis me regressada!

Tiveram saudadinhas minhas, tiveram? Ohh sei que sim...

Então, tive um pequeno problema com o transformador do "monstrinho portátil".Resolveu desencarnar...passar para a outra dimensão...dar o berro...bater a bota....Devia andar cansadinho. Ultimamente andava a trabalhar muito. Mas confesso que me custou um bocadinho (ok, pronto! Um BOCADO!) estar sem net durante quase uma semana. As minha unhas sofreram o sua quaota parte. Agora pergunto me: como consegui sobreviver três décadas sem o bendito do telemovel, o portatil, o mp3? É no mínimo estranho.

 

Estranho, estranho é esta minha capacidade de renascer a cada dia. Pareçe que todos os dias vivo com o coração nas mãos, inventando uma nova maneira de ser para enfrentar as tristezas e desilusões da vida. Não sei desde quando é que adquiri esta nova capacidade, a de me reinventar todos os dias. É que nem me permito chorar!!! Quando me sinto invandida por aquela tristeza teimosa e quando as lágrimas parecem estar quase a saltarem me dos olhos....tudo menos isso! Respiro fundo, mudo o pensamento. Inconscientemente, junto as ás outras lágrimas que tantas vezes reprimi e acho que de tanto agir assim, construi um dique ca dentro, pronto a rebentar á menor oportunidade. Eu sei que sim. Por isso, não me atazem as cabeça com questiunculas ignobeis.

 

A verdade é que....como hei de dizer isto? Em termos sentimentais sinto me como se estivesse a pisar constantemente um terreno minado, andando sempre em pézinhos de lã, evitando os perigos maiores. No entanto sei que há de chegar o dia em que vou MESMO pisar a granada e isto vai tudo pelos ares. A expressão do "pisar terreno minado" é no momento a que me ocorre ser mais correcta para definir o meu momento sentimental actual. Porque, conforme tristemente descobri, há pessoas que não foram feitas para estarem juntas, apenas para partilharem bons momentos, que sempre serão únicos com cada pessoa.

 

Hoje sinto me nostálgica.

Acho que o tempo é e sempre será inteligentemente o grande remédio para todos os males. Nada dura para sempre. Nem o melhor e mais esplêndido sentimento que se possa ter sentido. É o tempo que o muda e nem nos apercebemos disso. No íntimo, desejamos conserva lo e mante lo intacto em toda a sua glória e magnificência, mas o tempo....o tempo faz questão de nos mostrar no momento exacto a impermanência e inexatidão desse estado. Apesar de ver tudo isto com grande alegria, não posso também de deixar de sentir uma tristeza avassaladora.

 

 

Só posso mesmo, neste momento identificar me com esta música.

música: Ana Moura
tags:
publicado por Carlita às 19:16

Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008

... um Valium para ver se me acalmo um pouco.

É que ando mais eléctrica que o habitual.

 

 

AUUUUUUUUUUUU!!!!!

sinto-me: aluada
publicado por Carlita às 16:32

Terça-feira, 14 de Outubro de 2008
Uma música que eu adoro.... ....e que quase me faz sempre chorar...
publicado por Carlita às 19:37

Segunda-feira, 13 de Outubro de 2008

Isto está fresco, está!!! Mesmo coisa de lua quase cheia.

 

Acordei esta manhã, mais fresca que uma alface acabada de colher da horta, toda viçosa (numa segunda feira de manhã, atenção!!!) e enquanto pus a água do banho a correr, fui dar os habituais bons dias ás minhas pipilins ("Bom dia twinkywinkies!!!), saltei depois para a banheira e dei ali asinhas á minha bela voz de rouxinol (ahhh fadistaaaa!). Entonycarreirada de todo!

 

"Sei que tens passado á minha portaaaaaaa

Tens me procurado por aíííííííí

Mas hoje o que fazes não me importaaaaaa

Quero até que penses que morriiiiiiii

Quando tu escolheste outro caminhooooo

Tanto que eu chorei a imploraaaaaaar

Para não me tirares do teu destinooooo

Mas tu foste embora sem ligaaaaar"

 

Acho (sinceramente) que nunca cantei uma música com tanta intensidade e sentimento (pelo menos, de manhã...pelo menos sem ter bebido uma bjequinha ou duas), vibrando de emoção em cada frase, mesmo, mesmo, mesmo vindo do fundo da alma!  Acho também que com tanta cantoria,devo ter acordado os vizinhos todos. Pior: sabia a música TODA de cor! É grave...gravissimo!

 

"Hoje estás com ele (a) por mim a chorar

Coração perdido, louco por voltar

Hoje estás com ele (a) mas pensas em mim

Coração perdido, tu quiseste assim"

 

Agora digam me lá se o Tony é ou não é um rapaz esperto? Claro que sim! Porque por muito que digam que as músicas dele são lamechas e são pirosas, o certo é que falam ao coração das mulheres e há sempre quem se identifique com elas (basta mudar ali um pronome por entre outro e já esta...a coisa serve que nem uma luva!) . 

Não que pessoalmente acredite que o Tony Carreira tenho tido assim muitos desgostos amorosos na vida, pelo menos não tantos quantos ele canta porque, afinal de contas...o Tony é o Tony...quer se dizer... até é um homem bastante bem parecido, bem apessoado, digamos que tem um bom físico e com tudo no sítio (nota se especialmente quando veste aquelas calçinhas de cabedal) e sinceramente, mulheres nunca lhe devem ter faltado.

 

Pronto, está explicado:

HOMEM CHARMOSO + HOMEM COM DORES DE AMOR = SUCESSO JUNTO DAS MULHERES!

 

 

"Tu trocaste tudo o que eu te dava

Pelo que julgavas ser melhor

Hoje vives numa linda casa

Que tem tudo mas não tem amor

Amor que procuras nos teus passos

Cada vez que ao meu encontro vens

Coisas que tu tinhas nos meus braços

E nos braços dele (a) tu não tens"

 

E confesso que foi uma manhã formidável!! Enchi me cá toda de bons pensamentos. Sim, senti me poderosa e aqui...ahhh...aqui é que lhe dei de grande, com ganas mesmo:

 

"Eu agora peço te por tudo

Que não me procures nunca mais

É melhor que fiques no teu mundo

Porque o meu desgosto já lá vai"

 

Há dias assim...FANTÁSTICOS! (um bocado assim para o piroso e apimbalhado mas vá...olha..siga.. é melhor do que andar para aí com trombis de elefante)

 

 

 

 

sinto-me: Fantabulasticamente cantora
publicado por Carlita às 20:02

Domingo, 12 de Outubro de 2008

 

 

 

 

 

publicado por Carlita às 19:38

Sábado, 11 de Outubro de 2008

Venho só deixar um parecer:

 

ELES "ANDEM" AÍ!!!

 

Vamos supor que eu já deveria estar habituada a esta minha vida assim, impertinente, teimosa, que teima em ir para onde lhe dá na real gana, Vamos supor que eu já deveria estar habituada a estes ciclos viciosos, a esta coisa de não ter ninguém e de um momento para o outro surgirem me do nada, materializados no éter, milhares de pessoas interessantes. Mas não estou. Não me consigo habituar a esta constante inconstante que de vez em quando assola a minha vida.  É no mínimo...estranho.

 

Eles andam aí, sim... e agora?

Olha agora...agora nada! Agora que armem um duelo e combatam até á morte pela honra aqui da princesa ( adoro estes dramas! fui certamente, também uma princesa do tempo medieval.LOL!). Quando houver assim muito sangue e tripas espalhados na arena logo me decido.

 

É melhor não me animar muito, pois a altura da bonança é sempre sol de pouca dura.

....e o meu coração nem dá sinais de vida!!!!

 

Serei para aí alguma criatura despojada de sentimentos?!!!! Onde é que raios deixei o meu ?

 

 

 

sinto-me: Um iceberg
publicado por Carlita às 18:16

Quinta-feira, 09 de Outubro de 2008

Quem nunca se sentiu completamente fascinado ao contemplar a lua? Aquelas noites límpidas, sem nuvens, que deixam ver perfeitamente a plenitude de uma Lua Cheia? É simplesmente LINDO! Eu sou capaz de ficar horas a fio, quase como hipnotizada, a olhar para um céu desses (... "e ese toro enamorado de la lunaaaaaa...").

 

Está cientificamente provado que a lua influi directamente no magnetismo da terra e como tudo na terra tem um campo magnético (incluindo os seres humanos) é bem provavel que também influencie comportamentos.

 

Os meus influencia de certeza.

 

Estamos em fase de quarto crescente e nessas alturas, dou sempre por mim mais alegre, entusiasmada, com mais vontade de experimentar coisas novas, já para não dizer que reparo que as minhas unhas crescem a olhos vistos!!! Quando chega a Lua Cheia é o descalabro, então!!! Ando assim a modos que louca, mesmo saída das cascas, enérgica como um raio, sentindo me poderossisima!! A Lua Cheia desperta em mim capacidades adormecidas, completamente!!

 Na fase de quarto minguante, lentamente acalmo e na Lua Nova...bem, estou como a lua...NÃO ESTOU!!!  Não ando bem disposta, não ando bem humorada e não tenho vontade sequer de por os pezinhos fora de casa. E quando esta fase coincide com a altura do SPM...Uiiii! Não me digam nada! Não se atrevam sequer a fazer qualquer comentáriozinho inocente. Não se atrevam a dizer sequer que tenho uma madeixa de cabelo desalinhada.

 

Isto é verdade, juro!  Já me dei ao trabalhinho de fazer as respectivas correlações. Não consigo perceber bem porque sucede desta maneira, mas é um facto que sucede comigo e o qual não posso negar. Possivelmente terá a ver com o meu ascendente Caranguejo, que é  um signo regido pela Lua e muito influenciado por ela.

 

Portanto de acordo com o que foi aqui dito, deixo um conselho aos possíveis pretendentes da minha bela (e complexa ) mão:

 

Queridos, tomem em atenção a fase da lua. A sério.  Nada cá de paranoias manhosas quando repararem que não ha lua no céu pois possivelmente tudo o que ouvirão de mim será um rugido assustador. E na fase de Lua cheia? Bem, tentem um raminho de flores...

 

Pode ser que se derreta o iceberg do meu coração.

sinto-me: em fase crescente
tags: ,
publicado por Carlita às 15:18

Quarta-feira, 08 de Outubro de 2008

Hoje nao está a ser um dia assim muito católico.

 

Odeio estar a morrer de fome ao meio da manhã, ir ao bar aqui do serviço e deparar me com uns bolos deslambidos, com uns croissants de aspecto duvidoso, tudo envolvido por um cheiro a fritos que nos empesta a roupa e o cabelo naqueles 5 minutos em que contemplamos a vitrine. Juro que só me dá vontade de mandar ali um par de berros e disparatar em grande...ainda por cima, com o estômago a dar horas e cega de fome, a razão e o bom senso já atingiram o seu limite. Não me desautinem quando tenho a barriga a dar horas ou habilitam se a levar uma dentada.

 

Odeio que uma ideia breve e fugaz  me atravesse o pensamento de manhã, aconteça mesmo... Aquelas cenas altamente improvaveis :" Hoje acho que vai acontecer isto...mas hummm... se calhar não" e nunca mais pensar nesse assunto e quando a ideia de facto se materializa... Buuuhhh!! Que medo!  Para além dos presseks que não me abandonam há quase uma semana (malditos! malvados! ide vos com o demo!!!)  agora também tenho pensamentos que se concretizam. Não digo eu que tenho que montar uma barraquinha para adivnhar o futuro?! Que labrega, paaaahhh!

 

Odeio estar a dormir e receber toques e mensagens anónimos ás tantas da manhã. É que me irrita mesmo. Sim porque pareçe me que agora arranjei um fã, assim meio psicótico. E já ando a começar a ficar com medo e com a mania da perseguição. "Os teus cabelos ao sol pareçem fios de ouro que me fascinam...bla bla bla...mas pareçes sempre tão distante, uma Vénus..." qualquer coisa assim neste estilo.  Aiiii!!! Bem, Vénus ao menos espero que não seja a de Milo, sem braços...(eheheh piadinha parva, esta!). E agora...agora digam me lá se não é para ter medo!!! Já nem posso estar sossegada, com as "crinas" ao sol que já desconfio de toda a gente que esteja ali ao meu redor.

Convenhamos que alguns homens não são de todo muito inteligentes. Não seria bem melhor, seja lá quem for, falar comigo pessoalmente? Será que tenho esse ar sempre tão distante (que ando sempre o mundo da lua, isso ando!)  que intimido as pessoas? Também digo já...se é para virem falar comigo a dizerem baboseiras destas, vale mais estarem quietos. Gosto de romantismo, mas isto já é piroseira a mais.

 

Eu era uma mulher bem mais romântica, juro que sim...a PDD (putas das desilusões)  traz tudo, até a falta de romantismo!

 

 

 

 

 

publicado por Carlita às 11:32

Segunda-feira, 06 de Outubro de 2008

Dias a abolir do calendário....

 

 

 

 

 

 

sinto-me: Piiiiffff!
publicado por Carlita às 21:19

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
29
30
31


Últ. comentários
Neste momento,tens um ombro amigo, um apoio, algue...
As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficient...
Ah boa!!! Mas podiam por um nome mais sugestivo......
Canela não é a especiaria como já percebeste. Conh...
Sabes miga, cada vez acredito mais que nada aconte...
custa tanto... bem sei amiga...por isso é que, qd ...
adorei xD e fez.m bastante jeito
Também sou touro com ascendente caranguejo. 18 de ...
Eu também, parece que me estou a ver ao espelho :P
Miga, até a mim me doem as tuas palavras.... é tão...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro