...da forma mais inesperada...

Segunda-feira, 14 de Abril de 2008

Mais uma semana que começou. Nada de novo claro, exeptuando o facto de esta manhã ter acordado com a corda toda. Que milagre foi este? Geralmente acordo toda embezerrada, mal consigo dar dois passos juntos,resmungo só de pensar no dia, saio de casa assim a modos que mal disposta,  desejando que ninguém estupidamente bem disposto se cruze comigo e hoje...vejam bem? Espreguiçei me á gato (com o rabo para o ar, só faltava começar a lamber me),saltei da cama, fui tomar banho e pus me a cantar. Algo NAO ESTÁ BEM. Definitivamente. Até do cafezinho meio deslambido não reclamei. Sinceramente começo a preocupar me. Será a aproximaçao do Apocalypse?

 

Ontem passei o dia em casa a ver tv. Comportamento típico da loira aos domingos. Estupidifico me mais um bocadinho a olhar para a televisão. Enfim... Apreciei com olhos de gente sã e normal (hum! hum!cof! cof!) alguns anúncios televisivos. Serei eu burra de morte, que não percebe metade das coisas ou alguns anúncios são realmente estúpidos de todo? Começo pelo fixador de dentaduras (é assim que se diz? ou será antes "placas"? acho que "placas" só mesmo nas obras, digo eu) Corega. Já me viram parvoíce mais grande:

 

-" Com Corega agora posso comer, mastigar..."  ( e porque não lamber e chupar?) e aparece um velhote muito sorridente ou uma mulher a morder uma maçã.

 

Ok. Tenho uma bocadinho de pena deles. Antes da sua descoberta milagrosa, deveriam ficar com a dentadura agarrada ao paposeco. E se aquilo fixa tão bem, como é que depois a tiram da boca para a por de molho dentro do copinho de água da praxe á cabeceira tão cama (adorno sexy que faz parte da vida de muitos idosos)? E já agora, nem quero imaginar o que é que o velhote poderá mais fazer para alem de mastigar e comer com a dentadura bem agarrada aos maxilares.Tornar se á, de certeza, o ás do cunnilingus. Porque na altura em que deixava cair a dentadura...aiii!! Nem quero imaginar!

 

Outros que me dão imediatamente vontade de desligar a televisão, por me a chorar e cortar os pulsos (só por ser mulher) são as publicidades aos pensos higiénicos. É triste! É deprimente! É nojento! Palpita me deve ser o cerebrozinho de algum homem que está por detrás de tal facanha, porque se fosse uma mulher, não pintaria as coisas assim tão "cor de rosa". Querido publicitários dos pensos higiénicos, tampóes e afins: as mulheres quando estão com o período tem tudo menos vontade de se andar a rebolar nas relvas feitas labregas, têm tudo menos vontade de se atirarem entre sim almofadinhas de penas, têm tudo menos vontade de rir de pernas para o ar e pernas abertas. Sim sim. Mas o cúmulo era um anúncio antigo aos tampões: "podes correr, podes saltar, podes ir á ginástica,andar a cavalo..." Fantástico! Quer dizer que nos outros dias somos umas inuteis, sem vontade própria e nesses dias maravilhosos chegam nos cá as ganas de fazer tudo! E os pensos com alas? Cuidado com eles!!! Sentimo nos tão maravilhosas, tão protegidas, tão "podendo"  que se nos descuidamos ainda levantamos vôo com aquelas belas asinhas entre as pernas. Bem, sem comentários.

 

Detergentes e amaciadores para a roupa e detergentes. Outra estroinice que nem lembraria ao Menino Jesus! Tudo bem, toda gente gosta de sentir o cheiro a roupa lavada e fresca quando a veste; toda a gente gosta de camisolas de lã fofinhas que não piquem a pele mas...pelo amor de Deus!! Ninguem fica emparvalhado das ideias só porque veste uma camisola que cheira ás flores brancas, ou ás do campo, ou aos lírios da Tailândia!! É que se não ficam emparvalhados, pelo menos pareçe! Fica tudo com um sorrisinho estupido e de repente pareçe que a suprema felicidade do ser humano reside em ter a roupa branca e a cheirar maravilhosamente bem. E depois (cúmulo da labregice) correm e rebolam se pelos campos. Pergunto me: porque lavaram a roupa com um detergente tão magnifico se depois tinham na ideia de se irem emborralhar para a terra? Lixivias. Na comparação que habitualmente fazem com as lixivias tradicionais ( a qual nunca dizem a marca) a melhor, a que tira as nodoas todas e mais alguma, a que arranca até a sujidade mais entranhada sem estragar as cores é sempre a deles. A do anúncio. Mas esqueceram se de referir que algumas dessas benditas e milagrosas lixivias também desbotam a roupa e deixam aquelas marquinhas(tão lindas) no nosso belo top vermelho que só por um acaso nos custou os olhinhos da cara e que só por um pequeno infortunio do destino apanhou uma mancha de café. Grrr!!!

O do CilitBang também merece um óscar. Onde caia uma gota do produto, não há gordura de fogão que resista, não há banheira com cirro que não brilhe, não há sanita de casa de banho pública que não nos ofusque de tanta limpeza. Até moedas limpa. É como a Coca cola. Pior: aparecerem donas de casa com duzias de detergentes para tudo e mais alguma coisa e haver uma que diz apenas: "eu uso Cilitbang! eu uso Cilitbang! eu uso Cilitbang. É asim...é verdade e é assim!" Só falta dizer que usa cilitbang para a pele, para o cabelo, para temperar o comer... Para além do mais, já repararam bem na imundice daqueles fogões e banheiras e sanitas que apresentam no anúncio? Vem o Cilitbang...e bang! Limpa tudo sem esfregar. É o exlibris da javardice...sem esforço. É verdade e é assim.

 

Bom, vou ficar por aqui...Não me apetece amanha ser vitima de um homicídio por encomenda de algum publicitário com feitio menos bom e um espírito pouco aberto a críticas. É melhor. Tenho a minha viagem para fazer.

 

sinto-me: kss! kss!
publicado por Carlita às 20:36

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

15
18

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Últ. comentários
Neste momento,tens um ombro amigo, um apoio, algue...
As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficient...
Ah boa!!! Mas podiam por um nome mais sugestivo......
Canela não é a especiaria como já percebeste. Conh...
Sabes miga, cada vez acredito mais que nada aconte...
custa tanto... bem sei amiga...por isso é que, qd ...
adorei xD e fez.m bastante jeito
Também sou touro com ascendente caranguejo. 18 de ...
Eu também, parece que me estou a ver ao espelho :P
Miga, até a mim me doem as tuas palavras.... é tão...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro