...da forma mais inesperada...

Quarta-feira, 30 de Maio de 2007

Aiiii... Ultimamente sinto me tão bem, tão bem que até começo a achar fruta a mais!  O que será que virá por aí? Que acontecimentos "fantabulásticos" me esperam?  Deve ser a chegada do meu "encantado", montado no seu cavalinho branco, de collants e tudo.

 

A verdade é que tenho pensado tanto e cada vez mais chego á conclusão que ando sempre tentando arranjar sarna para me coçar. Estou TÃO BEM assim, para que aturar os "encantados"? Acho que não me meto noutra tão depressa. Não me pareçe mesmo nada provavel isso acontecer.

 

Por outro lado, começo a ficar ligeiramente deprimida. Já recebi nao sei quantos convites de casamento para este ano. Mas será possivel? Ainda há pessoas a conseguirem dar o nó?! Sim sim, queridos, enforquem se para aí á vontade que eu cá estou muito bem assim, solteirinha da silva. Muitas florinhas e passarinhos cantando no dia do vosso casamento, que sejam imensamente felizes (depois deem me a receita da felicidade), que o marisco não esteja estragado e que haja comida para toda a gente, é tudo quanto vos desejo, mas eu por enquanto não me apetece mesmo nada aturar os filhos das outras.  E não me venham cá perguntar quando é que eu me caso...Esse tipo de perguntas não se faz a uma mulher quase nos 30. Fica mal. Dá nos o ar de solteronas empedernidas.

 

Sim, cada vez mais me convenço, hei de morrer a procurar a minha criatura, a minha alma "gema".Todos têm defeitos:aquele tem o nariz comprido, o outro fala demais, o outro não diz nada de jeito, aquele tem as sobrancelhas demasiado juntas,  o outro tem os dentes tortos e por aí fora...  Por enquanto só olho a embalagem, mas não adianta. Sem sombra de dúvida que um grande amor não se procura,ENCONTRA SE!

 

Andava com ganas de lutar mas deixei me disso. Descobri que estou tão bem assim, para quê por me mal? Para quê correr o risco de voltar á mesma coisa, se bem que as coisas nunca poderiam ser realmente iguais porque neste espaço de tempo, algo em mim mudou? Não vale a pena. Uma vez ferida, ferida para sempre. A cicatriz está lá para me lembrar sempre que as coisas um dia correram mal. Não...Não quero arriscar mais. E quando se aperceber que cometeu um erro, aí será tarde demais.... O tempo não volta atrás. Eu também não. É pena que seja assim, que só nos apercebamos tarde demais daquilo que perdemos.

 

Acho que ando numa fase narcisista. Agora preocupo me comigo, olho me ao espelho e acho me esplêndida, adoro me pelo que sou e pelo que valho. Tenho amigos maravilhosos com os quais sei que posso sempre contar (na alegria e na tristeza), faço a minha vida sem ninguém me chatear ("hoje não me apetece jantar isso"; "Vamos aqui ou ali";"não achas que essa roupa não te assenta muito bem?", " estás aborrecida?") e adoptei uma "filhotinha" que é a luz dos meus olhos e que me alegre bastante os dias. Para que arranjar sarilhos?! Estou mesmo muito bem assim, obrigada. Para ver palhaços vou ao circo.

 

Hoje sinto me mesmo ASSIM...

sinto-me:
tags:
publicado por Carlita às 19:02

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13
14
16
17
18

24
26

27
31


Últ. comentários
Neste momento,tens um ombro amigo, um apoio, algue...
As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficient...
Ah boa!!! Mas podiam por um nome mais sugestivo......
Canela não é a especiaria como já percebeste. Conh...
Sabes miga, cada vez acredito mais que nada aconte...
custa tanto... bem sei amiga...por isso é que, qd ...
adorei xD e fez.m bastante jeito
Também sou touro com ascendente caranguejo. 18 de ...
Eu também, parece que me estou a ver ao espelho :P
Miga, até a mim me doem as tuas palavras.... é tão...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro