...da forma mais inesperada...

Quinta-feira, 10 de Maio de 2007

Era uma vez...

Era uma vez...

É assim que começam a maior parte dos contos de fadas, não é?Metem sempre uma princesa muito bonita, mas meio tontinha com muito azar na vida e um belo princepe encantado que vem lá dos confins do mundo montado num cavalo para ficar com ela.

As princesas das histórias nunca fazem nada. Passam a vida em contemplação. Quanto muito, fazem bordado para o seu enxoval no seu real jardim ou vêem os passarinhos sentadas á janela do seu real quarto, esperando ansiosamente pelo vislumbre no horizonte do seu querido príncepe. E os príncepes? Ahhh!!! Esses são os homens dos 7 ofícios! Têm sempre cara de Brad Pitt e usam collants. Dominam a arte do manejo da espada e cavalgam como se já tivessem nascido montados numa sela. Até os seus cavalos são lustrosos e têm dentes brilhantes.

 

Hoje em dia não há príncepes nem princesas assim. As princesas transformaram se em donas de casa e trabalham 8 horas por dia e os príncepes, esses são tudo menos encantados. Trocaram os cavalos pelos carros, a espada pelo telemovel e deixaram de usar collants. Bem...alguns! São, o que que costumo chamar os "palhaços encantados":

Dentro de cada mulher ainda existe a princesa dos contos de fadas, que adora pentear a sua longa juba loira, preocupada com oseu vestido para o baile de gala e que continua á espera do seu encontro mágico, para ser feliz para sempre. Mas o raio do príncepe não há meio de aparecer! Pelo caminho, vão tendo encontros mais ou menos acidentais e confraternizam com  algumas criaturas que andam "perto" de ser o seu mais que tudo, mas que depois se revelam uma verdadeira decepcção. Beijam o princepe e ele transforma se em sapo... Upsss! Não era suposto isto ter acontecido, pois não?

 

A maior parte dos "palhaços encantados" dos nossos dias, não têm cara de Brad Pitt, mas gostamos deles na mesma; não usam a espada para nos defender, ms quando confrontados, têm atitudes de garanhão por nossa causa e muito menos nos põem na garupa de um cavalo. Sentam nos lado a lado com eles no carro, em pé de igualdade  e levam nos a jantar fora. Mas onde está o romantisco quase trágico dos príncepes de outrora? Vejam o exemplo do Romeu, que literalmente morreu de amores pela sua Julieta. É disso que falo.Alguém que nops diga: " Sem ti ao meu lado a vida não vale a pena." Nós, mulheres, não queremos na consciência o peso da morte de ninguém. Apenas queremos que nos façam sentir especiais.

 

Antigamente os príncepes não tinham distracções. Quando queriam uma princesa, lutavam por ela, concentravam se no objectivo e iam á luta com garra. Nunca li nenhum conto de fadas em que o príncepe dissesse á princesa, á laia de desculpa:

-"Olha amor, hoje não posso ir ter contigo... Tenho um jantar marcado com os outros príncepes e depois vamos todos ver o torneio de cavaloeiros ali ao estádio. Mas amanha falamo nos, está bem?"

Percebem onde quero chegar?

 

Antigamente não. Antigamente havia amor, paixão determinação...e era lindo!!!

A princesa soltava um "ai" e imediatamente ocorria o seu princepe, suspirando com ela. Imaginem o filme, dialogo fascinante entre estes duas personagens:

 

Take 1:  A princesa está sentada no seu banco de jardim, hirta e firme como uma barra de ferro (não tem problemas de coluna), com as mãos cruzadas no regaço, uma trança que lhe chega aos pés, atafulhada de folhos (mas com as mamas a chegarem lhe aos olhos), tentando respirar. Aparente uma calma zen.  O príncepe está sentado ao lado, de collants, camisa de manga de balão, de perna aberta e apoiando as mãos na espada. Pormenor: há borboletas voando ao redor deles e quando a princesa estica o braço, um passarinho vem pousar na sua mão (e não faz necessidades).

-"Meu amor"- suspira ela -"Tive tantas saudades tuas."

-"Eu também, minha adorada Darzilene (ou Ludovica, Mercileia, Asdrubalina...escolham o melhor. É certo e sabido que as princesas têm sempre um nome estranho). "Finalmente consegui superar a prova de coragem que o teu pai, o Rei Leão, pediu. Cavalgei tempos infinitos no meu Ruminante (até me doerem as nádegas), pelo caminho matei uns malfeitores e fiz umas quantas boas acções. Ahhh!!Já te disse que encontrei o príncepe da Branca de Neve?"

-"Não meu amado, não me disseste"- responde ela

-"Sim, encontrei o, fomos beber umas "bjecas" e por a conversa em dia. Quando finalmente  estava alcoolizado o suficiente, ganhei coragem para ir matar o dragão que, vê lá tu, para me enganar e seduzir, se tinha transformado na Bela Adormecida, mas afinal era o Shrek. Agora finalmente podemos casar e na nossa noite de núpcias, meu amor, depois de passar duas horas a despir te os atavios e outra meia hora a tirar te o cinto de castidade, posso finalmente fazer te um filho".

-"Oh príncepe (os príncepes nunca têm nome.São simplesmente...príncepes!)-diz ela enquanto lhe sacode uma escama de dragão do ombro- "foi a coisa mais romantica e bela que me disseram até hoje".

Nessa altura beijam se. Quer dizer, o maior rasgo de paixão e voluptuosidade que possam ter é roçar os lábios um no outro. Não há cá beijos com lingua nem apalpões para ninguém. E é nesse momento que os passarinhos e as borboletas enlouquecem de tanto voar á roda deles e que surge uma musica de fundo, muito conveniente, vinda não sei de onde.

Aberrantemente lindo!

 

Hoje em dia já ninguém tem estas conversas rebuscadamente românticas. A coisa é feita mesmo por sms:

-"Olá babe...I miss you! Hoje tive umdia stressante no trabalho, mas nada que não se resolvesse. Fui depois beber umas "loiras" com o pessoal aqui do serviço. Tá se bem! Olha, queres ir jantar fora hoje? Diz me qualquer coisa depois. Bjs"

-"Ok. Combinado.Ás 21h no sítio do costume."

 

Simples, prático e directo...Querem romance? Vejam no no cinema :).

sinto-me: Encantada
tags:
publicado por Carlita às 18:46

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13
14
16
17
18

24
26

27
31


Últ. comentários
Neste momento,tens um ombro amigo, um apoio, algue...
As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficient...
Ah boa!!! Mas podiam por um nome mais sugestivo......
Canela não é a especiaria como já percebeste. Conh...
Sabes miga, cada vez acredito mais que nada aconte...
custa tanto... bem sei amiga...por isso é que, qd ...
adorei xD e fez.m bastante jeito
Também sou touro com ascendente caranguejo. 18 de ...
Eu também, parece que me estou a ver ao espelho :P
Miga, até a mim me doem as tuas palavras.... é tão...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro