...da forma mais inesperada...

Quarta-feira, 24 de Setembro de 2008

Já repararam que daqui a três meses ( TRÊS MESES!!!) é Natal?!!!

Sou eu que alucino ou o tempo últimamente tem passado extremamente rápido?! É que pareçe que o Natal foi ontem. Pareçe que a passagem de Ano foi para aí na semana passada e quando dou por mim, estamos quase no final de mais um ano e eu a caminhar a passos rápidos para os 31.

E o rei de Copas, esse magano prometido e esperado desde o ínicio do ano? O rei de Copas está é já benzido!!! Quer se dizer, reis de Copas até haverá muitos por aí, bastava para isso eu por os meus óculos especiais para os enxergar, se quisesse e se realmente estivesse disposta a isso. Mas não estou. Não me apetece investir em coisas sobre as quais não tenho controlo depois, sobre as quais não há garantias futuras, sobre as quais construimos uma ilusão para a ver depois desmoronar se como um castelo de cartas. Não me apetece sofrer mais desilusões, nem criar expectativas. Estou bem assim. Poderia estar melhor, sem sombra de dúvidas, mas para estar acompanhada e infeliz permanentemente, prefiro estar sozinha e sentir me miserável só de vez em quando, com a vantagem que posso comprar imensos sapatinhos sem ter ninguém depois para me chatear o cérebro com isso.

 

Agora pareçe que a mais recente preocupação da minha mammy é com o meu estado civil.  Estas férias, enquanto lá estive, volta e meia lá tentava aflorar a questão... "Ai filha, gostava tanto que arranjasses alguém que te fizesse companhia, alguém de quem tu gostasses e que gostasse de ti, que fossem amigos, que... que....e que..." .  Sim, mãezinha também eu gostava de muita coisa. Gostava por exemplo que me saísse o Euromilhões, gostava de ter uma casa voltada para o mar, gostava que as criançinhas em África não passassem fome quando há tanta comida que é deitada fora, mas isso, sinceramente é algo que me transcende.  Acho que a história de ver visto quase metade da população da minha terrinha casar se este Verão, deve ter mexido com ela. E sim, acho que já anda a precisar de uns netinhos pois o Poppy, o nosso cão, de tão mimado que é só lhe falta falar. 

Pareçe que ultimamente toda a gente tem assim um prazer mórbido em me azucrinar o juízo com este tema. Deslarguem me de mão....

 

O amor na minha vida, quando aparecer, quando se der ao luxo de acontecer...acontece!  Mesmo que eu já esteja com os ovários a mirrarem. Não interessa. Para o amor não há idades.

 

 

 

sinto-me: cegueta
tags: , ,
publicado por Carlita às 15:00
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes
Últ. comentários
Neste momento,tens um ombro amigo, um apoio, algue...
As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficient...
Ah boa!!! Mas podiam por um nome mais sugestivo......
Canela não é a especiaria como já percebeste. Conh...
Sabes miga, cada vez acredito mais que nada aconte...
custa tanto... bem sei amiga...por isso é que, qd ...
adorei xD e fez.m bastante jeito
Também sou touro com ascendente caranguejo. 18 de ...
Eu também, parece que me estou a ver ao espelho :P
Miga, até a mim me doem as tuas palavras.... é tão...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro