...da forma mais inesperada...

Terça-feira, 16 de Fevereiro de 2010

É verdade, juro, não tenho nada contra o Carnaval.  Até me divirto, danço que me desunho e quando era mais nova( quem me ler até vai pensar que já sou um dinossauro)  até me mascarava. 

Até aos meus 11-12 anos não havia Carnaval que eu não estivesse já prontinha para a cowboyada, Mas confesso que tive alguns traumas : um ano mascarei me de Capuchinho Vermelho e perdi a cesta; noutro mascarei me de fada e perdi a varinha; noutro ainda mascarei me de sevilhana e perdi os brincos... Prontos, o adereços incomodavam me

.

Depois passei muitoooosss anos sem me fantasiar. A última tentativa foi frustada, porque a fatiota de borboleta que tinha comprado com tanto empenho ( e até tinha umas asinhas com uns brilhantes e tudo!)  acabou estraçalhada por uma tesoura num ataque de neuras!!! Como ainda não ultrapassei o trauma, nunca mais me disfarçei.

 

Diz-se que no Carnaval, cada um se revela como gostaria de ser. Não tenho nada contra. A ser verdade, que  dizer dos homens que se mascaram de mulheres? Porque, meus amigos,acreditem, eles adoram transvestir-se nesta altura. Eles são collants de vidro, mini-saias, salto alto ("ui! ui! como é que vocês aguentam andar em cima disto?"), top a mostrar os pêlos do umbigo e carteira de lantejoulas...ADORAM! Que dizer então, das mulheres que se mascaram de homens? Pior, de criaturas que se mascaram de bichos estranhos, como aranhas,tartarugas ou .....galinhas? Essa teoria deve ser verdadeira...Eu cá nunca me iria mascarar de homem. Só de imaginar ver-me de bigode até se me arrepiam os pêlos dos braços!!! Com a minha tendência para a ditadura domèstica (lol), se me pusessem um bigode, pouco faltava para me parecer com o Hilttler.

Mascarar por mascarar, olha, lá iria despontar a miinha veia feminina, quiçá uma Cleopatra, quiçá uma Afrodite, uma Marylin Monroe ou uma Cinderela (foleiro, eu sei...mas que fazer? adoro aquelas fatiotas dos contos de fadas de antigamente).

 

Depois no Carnaval, acontecem coisas estranhas. É impressão minha, ou aqueles disfarçes em que não se consegue ver mesmo quem está por trás, emparvalhece-se as pessoas? As pessoas armam-se em parvas mesmo á nossa frente e só nos apetece dar lhe um par de lambadas... mas não podemos, porque é Carnaval e ninguém leva a mal.

 

Depois ouvem-se comentarios assim um bocadinho evitaveis, têm se conversas surreais.

 

-" Então estás mascarada de quê?"

-" De vampira..."

-" Hummm... então e os adereços?"

-" Ahhh, não é preciso... ando disfarçada, como aqueles daquelas séries da tv"-

 

E depois no Carnaval, constantamos que os nossos ex-namorados engordaram tanto que até começamos a esperar vê-los num documentário qualquer da BBC sobre baleias ou as morsas....e nós... estamos iguais, não aumentamos uma grama...EEEEHHHHHH! Chegamos então á brilhante conclusão:

 

 

 

sinto-me: Contagiada
tags: , ,
publicado por Carlita às 13:49
|

Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2010

A quantidade de borbulhas nojentas que me irão aparecer durante este fim-de-semana será directamente proporcional á quantitade de Maltesers devorados ontem á noite ( ou seja 250 gr de borbulhas espalhadas por aqui e por ali).

 

Também é Carnaval... sempre posso dizer que estou disfarçada de teenager inconsciente.

sinto-me: Carnavalesca
tags: ,
publicado por Carlita às 16:36
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes
Últ. comentários
Neste momento,tens um ombro amigo, um apoio, algue...
As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficient...
Ah boa!!! Mas podiam por um nome mais sugestivo......
Canela não é a especiaria como já percebeste. Conh...
Sabes miga, cada vez acredito mais que nada aconte...
custa tanto... bem sei amiga...por isso é que, qd ...
adorei xD e fez.m bastante jeito
Também sou touro com ascendente caranguejo. 18 de ...
Eu também, parece que me estou a ver ao espelho :P
Miga, até a mim me doem as tuas palavras.... é tão...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro