...da forma mais inesperada...

Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2010

Não sei o que se passa comigo, mas ultimamente ando numa maré de azar que até estou a pensar seriamente em ir benzer-me.

 

Acho que para além dos dons divinatórios tão frequentes na minha pessoa, desenvolvi um talento qualquer que influi electronicamente nos aparelhos.

O computador que há uns tempos estava pela hora da morte, um dia funcionava razoavelmente bem e no outro dá lhe tinha dado a paradinha. O telemovel comprado á coisa de 3 meses, numa noite recebia mensagens e fazia tudo o que compete a um telemovel, desligei o sãozinho de todo e nunca mais voltou a acordar. Ontem foi o electrocardiografo do serviço:não fazia registos de espécie alguma e hoje veio á vida por umas horas. Eram 9h, tinha montes de gente á espera e o magano a fazer pirraças.

-" Ai o senhor desculpe, mas acho que o aparelho avariou-se...eheheeh...(riso amarelo)... não funciona (filho da p****, cabr** de m*****, logo agora é que te havia de dar para isto!!!).

E depois como as hieraquias funcionam muito bem, como os chefes e responsaveis geralmente só têm porte e habilidade para mandar postas de pescada a quem trabalha,quando têm que resolver alguma coisa, sacodem daí as unhas.

-" Esse problema não é nada comigo... tem que ser resolvido com a X da secçao Y".

Mas a pessoa X da secção Y também não sabe e remete o problema para a pessoa XY da secção Z. Agora, uma pergunta legitima: se não sabem resolver problemas dos empregados, para que servem os supostos chefes? É que se for só mesmo para andar a mandar bitaites para o ar e por os outros a baterem-me continência, digo já que EXIJO ser chefe... Não importa do que. O que importa é mandar. Que para isso, já eu nasci ensinada. Gruuunnnf!

Fiz o que me competia: tive um problema e comuniquei-o á autoridade competente. O aparelho continua avariado. As pessoas continuam a ir lá e a terem que ir embora. Já alguem me reportou alguma resposta? Não, Então, quando as pessoas quiserem reclamar (e estão no seu pleno direito) sou eu propria que as encaminho para o famoso livrinho amarelo. Ide, ide e reclamai,... reclamai muito. Pode ser que assim façam alguma coisa.

 

Como é que uma pessoa pode andar sãzinha do juízo com estas coisas? Não há condições. Desde que ontem enfiei o telemovel dentro do frigorifico e andei depois horas á procura dele, a chorar baba e ranho como a desgraçadinha do filme que acaba sempre mal, apercebi me que realmente há qualquer problema com as minhas sinapses de neurónios. 

Quando fui ao médico e lhe pedi:" por favor, receite me qualquer coisa antes que eu me demita e mande esta m**** toda á fava"e  ele receitou-me um medicamente inserido na classe dos antipsicóticos, aí percebi que a coisa andava mesmo muito negra para os meus lados. Podia cometer um assasinio e depois ser dada em tribunal como imputavel....

 

Por isso, CUIDADO comigo... :)

 

publicado por Carlita às 22:27
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
13

14
15
17
18
19

22
23
25
26
27

28


Últ. comentários
Neste momento,tens um ombro amigo, um apoio, algue...
As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficient...
Ah boa!!! Mas podiam por um nome mais sugestivo......
Canela não é a especiaria como já percebeste. Conh...
Sabes miga, cada vez acredito mais que nada aconte...
custa tanto... bem sei amiga...por isso é que, qd ...
adorei xD e fez.m bastante jeito
Também sou touro com ascendente caranguejo. 18 de ...
Eu também, parece que me estou a ver ao espelho :P
Miga, até a mim me doem as tuas palavras.... é tão...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro