...da forma mais inesperada...

Sábado, 03 de Janeiro de 2009

Benvindos a 2009!

Entramos em mais um ano e apesar dos vatícinios assustadores do governo, todos torcemos por um ano melhor.

Eu pelo menos, assim espero.

Este ano entrei em 2009 com a pica toda, longe daqui e com um ligeiro sotaque do norte, carago!Rumei á Invicta e por lá fiquei. Vivam os homens do norte simpáticos, solteiros, descomprometidos (resmas deles!paletes!) com um sorriso fantástico e conversa fabulosa. Estive quase a noite inteira a beber e a fumar á pala de um tipo de quem já não me lembro o nome (lindo, loira! Viva champanhe misturado com as bjecas e tudi e tudi e tudi!) mas que simpatizou muito comigo e se fartou de dançar ao meu lado. Ai tu queres dança?! Então olha, "vai mas é ali buscar me uma imperialzinha que já estou a ficar com as securas e antes de ires, deixa me lá um cigarrinho para fumar, lindo..." e já agora dá mas é corda aos sapatinhos e não te demores. Então, não é todos os dias que se tem o privilégio de se estar ao pé das princesas...há que dar ao litro, pois!

Brincadeiras á parte, diverti me bastante.

 

Este ano não cai na asneira de elaborar a habitual lista de coisas-que-gostava-muito-de-fazer-neste-ano-mas-que-nunca-consigo cumprir. Limito me a aceitar o que vier. O bom e o mau.Se tiver que viver coisas boas que seja porque as mereço e se tiver que passar por maus momentos que estes contribuam para eu crescer e aprender e me tornar uma pessoa melhor.

Tenciono apenas não cometer os mesmos erros; ser sincera e leal com quem é sincero e leal comigo; não magoar ninguém; não maltratar ninguém, ser mais paciente e menos impulsiva e sim...porque não? ter um pouco mais de confiança nos outros. Acreditar que nem toda a gente que se aproxima de mim o faz apenas com segundas intençõs, conhecer os outros melhor para que eu me de também um pouco a conhecer. Aprender (novamente) a partilhar pensamentos e emoções(coisa que deixei de fazer ha algum tempo). E pode ser que assim o ano seja fabuloso.

Deixo de lado os Reis de Copas (valetes e jokers incluidos) porque não me quero preocupar com isso. Bem basta ter ido passar o Natal á terra e ter sido constantemente bombardeada pela mesma perguntinha impertinente e comichosa:" então namorado? Nada?". No meu maior ar de sonsa: "hum...ahhh pois...namorado....ahhh namorado não há não,mas está se bem assim!"  E como se não bastasse, rematavam a questão dando a machada final: "deixa lá, ainda vais a tempo...". Mas a tempo DO QUÊ? De aturar cenas machistas? De chegar a casa do trabalho e esfalfar me a trabalhar na cozinha enquanto o badameco trabalha os musculos dos dedos fazendo zapping com o comando da tv? Ohh sim!!! Para isso ainda vou perfeitamente a tempo... é que é já a seguir!

A minha mãe para além das perguntas habituais da praxe sobre quando irá ter um genro (pensará ela que sou fufa? já não digo nada!) no outro dia, assim meio oa d eleve insinuou que haveria de ser velha e não ia ver netos. Aiii cruzes! Fiquei logo com os cabelos em pé!  Uma gaja sente se pressionada... Genro e netos é coisinha para levar o seu tempo. Mesmo assim, cada uma de sua vez e  com tanta modernice, já não acredito que seja exactamente por esta ordem.

Não me preocupo com os reis de Copas porque sei (e sei mesmo!) que é este ano que ele vai aparecer. Já que as profecias se cumpriram religiosamente até aqui, mal vai se não acontecer o mesmo daqui para a frente. Lá irá aparecer o marmanjo mais velho que eu (agrada me), com mais dinheiro que eu (não me agrada), que irá assentar arraiais na minha vida até por volta dos meus 40 anos ( não me agrada mesmo NADA! Buuuhhh! que medo! Até me dão uns arrepios na espinha pensar em ficar com uma pessoa durante quase 10 anos!) e que irá pagar as favas por tudo o que me correu mal amorosamente até aqui (sinto um bocadinho de pena mas agrada me muito!).

-" Este homem ainda vai ter que penar um bocado, porque vai pagar por todas as mágoas que lhe causaram mas lembre se que ele não tem culpa disso. Mas não se preocupe que ele vais gostar de si o suficiente para superar todos os obstáculos que lhe puser e vai surpreende la de uma forma muito positiva..."

Então...AMÉM! É de homens assim que se precisa. Por isso revela te lá jovem...e surprende me!

Para trás ficam os fantasmas, os sentimentos e mágoas do passado. Definitivamente: MUDASTI! MUDASTI! MUDASTI!

Seja bem vindo um novo ano cheio de surpresas.

 

 

publicado por Carlita às 19:45
|

De TONY a 28 de Janeiro de 2009 às 20:27
"Acreditar que nem toda a gente que se aproxima de mim o faz apenas com segundas intençõs, conhecer os outros melhor para que eu me de também um pouco a conhecer...."

BALELAS, CONVERSA FIADA.....


De Carlita a 29 de Janeiro de 2009 às 21:59
Não querendo ser indelicada, está me querer parecer que andas para aí com algum problema... As minhas "intenções de ano novo" só a mim me dizem respeito.Por isso vê la mas é se te orientas e deixas essa agressividade de lado.


mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
20
21
23
24

25
26
27
29
30
31


Últ. comentários
Neste momento,tens um ombro amigo, um apoio, algue...
As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficient...
Ah boa!!! Mas podiam por um nome mais sugestivo......
Canela não é a especiaria como já percebeste. Conh...
Sabes miga, cada vez acredito mais que nada aconte...
custa tanto... bem sei amiga...por isso é que, qd ...
adorei xD e fez.m bastante jeito
Também sou touro com ascendente caranguejo. 18 de ...
Eu também, parece que me estou a ver ao espelho :P
Miga, até a mim me doem as tuas palavras.... é tão...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro